quinta-feira, setembro 01, 2005

Raistaparta as modernices!
Dos programas da Microsoft, o PowerPoint gosta de mim, o Excel tolera-me, mas o Word odeia-me!!! E ninguém me entende neste ponto, porque o Word costuma ser simpático, deixando-se manusear com alguma ligeireza e até simplicidade pela maior parte das pessoas. Menos por mim!!
Se eu quero a fotografia ali, ele faz com que ela vá para o lado oposto, se quero o alinhamento do texto à direita, ele muda tudo para a esquerda, se quero pôr o quadro com texto e imagens, esquece lá isso, porque ou só entra texto, ou só entra imagem, isto claro, quando não se lembra de me fazer desaparecer fotografias só porque sim!...é um desgaste que não tem explicação!
A minha tarde de ontem foi passada ao computador: formatar documentos, logotipo no header, moradas e numeração de páginas no footer, page setup para aqui, margens para aculá, JPEG´s, tabelas, quadros, enfim...
À medida que conseguia pôr as coisas nos sítios que queria, ía gravando! Mas quando finalmente estava tudo nos conformes, gravei, e não sei como nem porquê - como se o Word me desse explicações de alguma coisa - aquilo deu erro.
Comecei a espancar cavernosamente o teclado e o monitor, quando percebi que estava a ser observada por aquela caixinha rectangular que, na verdade, é que é o computador!
Lição de ontem: nunca descarregar a fúria no teclado, rato ou ecrã. A culpa é sempre do CPU.
Trabalho de hoje: refazer todo o trabalho de ontem com a agravante de não ter o teclado em condições.

11 comentários:

Rosa disse...

Insulta o departamento de informática. Vai lá e diz-lhes que assim não há condições, que não consegues trabalhar desta forma, que resolvam o assunto ou te dêem um computador novo, e tudo o mais que te lembrares. Frisando sempre que os técnicos são eles. Mesmo que a culpa tenha sido (como provavelmente foi!) um erro teu, sempre ficas a sentir-te vingada! ;)

Mia disse...

Rosa,

Eu sou o terror do departamento informático.
Sou a típica que chega lá muito aflita "ai ai, acho que o trabalho foi todo para o galheiro", "socorro, o computador está a apitar", "apareceu ali no ecrã uma mensagem que não entendo", "fogo, a internet está lenta", "não ando a receber mails", "é pá, como é que se fazem índices automáticos?", "a base de dados está toda trocada", "estou-me a passa, estou a tentar abrir o ficheiro e não está a dar"....

Por estas e por outras é que eles já não me ligam nenhuma!Simplesmente ignoram-me! Resta-me a violência para com as máquinas!

Rosa disse...

Mia,

Experimenta telefonar-lhes a dizer que o computador está a arder. Aposto que te dão toda a atenção! ;)

Mia disse...

Rosa,

Hhmmm....

Cláudio disse...

Se assim é eu tenho uma solução melhor. Quando te enfureceres com o computador, parte o do colega do lado. É sempre mais seguro, porque depois da fúria vais sempre acabar por precisar dele outra vez. É só uma sugestão. E se os informáticos não te ligarem nenhuma parte o computador deles também, que é sempre sagrado por causa dos vídeos porno e das fotos da Sharapova!

(ja linkei o teu blog no Ventoinha)

Mia disse...

Cláudio,

Agora já peguei fogo ao meu...podias ter dado a ideia mais cedo.. ;)

Obrigada pelo link!

Nunzio disse...

"Eu sou o terror do departamento informático" Mia dixit!
Caro Cláudio, quase que acertavas na musa. Quem disse que são fotos da Sharapova? ;)

Mia disse...

Nunzio,

Há terrores piores para o departamento iformático, certo?
:P

Gentleman disse...

Mia em boa verdade lhe digo que me dou muitissimo bem com O PowerPoint, sou intimissimo do Excel, ate o Avess e Frontapage se dao comigi, mas O Word nao! sinto-me com moral suficiente para nomear o Word o programa mais estupido e pouco funciona que conheço...como tak o problema não é seu...

Em relação a informática, o problema raramente está no CPU, normalmente o problema está entre a cadeira e o teclado...

Cláudio disse...

nunzio, eu disse Sharapova porque se eu fosse de um departamente de informático era as fotos que tinha. Sem dúvida alguma! =)

Mia disse...

gentleman:

é sempre bom saber que há gente como eu!

Quanto ao facto de "Em relação a informática, o problema raramente está no CPU, normalmente o problema está entre a cadeira e o teclado...", assumo que sou a pessoas menos dada às novas tecnologias que eu conheço!

E eu conheço muita gente!