sábado, abril 15, 2006

Depilação - Manual para o macho pouco informado
Mulher que é mulher sabe a tortura que é a depilação.
E estou a falar de mulheres a sério, não daquelas cabras frias que têm um pelinho fininho e semi-transparente aqui e ali.
Quando falo de tortura não me refiro exclusivamente à dor - que dependendo das zonas pode ser considerável, mas só assim de repente consigo lembrar-me de mil coisas piores que isso - mas a todo o planeamento que a depilação implica.
Primeiro marca-se a depilação, o que nem sempre é fácil, principalmente às sextas-feiras quando começa o tempo quente.
Depois vem a fase de mentalização "vai doer, mas compensa", é altura de pensar no quão fabulosa vou ficar naquela saia da nova colecção.
Quando a dita cuja começa já não há volta a dar. Lá está a mulher deitadinha de pernoca peluda à mostra e punhos serrados. O difícil é não ceder à tentação de desatar numa berraria de palavras feias, ou de esmurrar cavernosamente a depiladora na cabeça com os pacotes de cera ainda por derreter.
A sessão acaba, toda a gente está feliz e contente e toca de pegar nas tralhas e apresentar ao mundo a pernoca devidamente depilada: Praia!
E nesta fase chegamos sempre à conclusão que uma depilação nunca é perfeita. Lá estão eles, os super-pêlos, aqueles que resistem à mais minuciosa das depilações! Dá vontade de esquecer as regras básicas das Princesas e levar uma pinça para a praia para passar a tarde à cata desses filhos da mãe!
Isto sem pensar nas zonas que a própria pessoa não vê que tem pelos e que às tantas a depiladora se esqueceu de tirar! É uma coisa que me atormenta desde que vi uma rapariga muito gira, com um bikini pequenino todo fashion, a virar-se de costas, baixar-se para apanhar a toalha e mostrar ao mundo um tufo de pilosidade pouco usual num sítio também muito pouco ortodoxo.
Mas a coisa não fica por aqui! Ora, a pessoa faz a depilação a contar que ela dure de forma apresentável aí umas duas semanas, porque depois desse tempo (que para algumas mulheres é bastante menor) a pernoca começa a ficar com aquele aspecto de barba mal parida, que mesmo que não se note grande coisa é desagradável ao toque.
E depois dessas duas semanas maravilhosas começa a neura! Os pêlos já se notam, mas são pequenos demais para tirar.
Se mesmo assim os tiramos, depois temos que fazer depilação de dois em dois dias, porque eles não crescem todos ao mesmo tempo.
Se os deixamos crescer fortes e saudáveis, corremos o risco de levar um tiro em plena Costa da Caparica por pensarem que o Abominável Homem das Neves anda em trajes menores a rebolar alegremente à beira-mar.
E a comichão quando o pêlo cresce? Meus caros, se nas pernas já é o que é, imaginem quando a pessoa até é arrojada e decide fazer uns penteados mais desbastados "lá em baixo". É que se o homem se coça onde e quando quer, já a mulher é outra história!
E pêlos encravados? E quando eles encravam nas virilhas?? É o autêntico terror! Lá anda a jeitosa a passear-se pela praia com borbulhas gosmentas, vermelhas e infectadas.
Sim, a depilação é uma grande chatice, gasta-se dinheiro, perde-se tempo e paciência, mas é das poucas situações em que não sigo o ditado "não faças aos outros o que não queres que te façam a ti".
Se és homem e tens pêlos nos ombros e nas costas, faz um favor a ti mesmo e a quem te rodeia: faz a depilação!!
Maior anti-tesão que um homem todo nú com meias brancas até aos joelhos, só um homem todo nú com meias brancas até aos joelhos e com tufos de pelos nas costas.

14 comentários:

apipocamaisdoce disse...

No outro dia tive uma discussão com umas amigas subordinada ao tema "quem foi a estúpida da primeira mulher que se lembrou de 'ora deixa cá ver como é que eu ficaria sem pêlos'". E vai daí que até gostou, e vá de espalhar a palavra pelas amigas: "a sério, experimentem, é o máximo! a pele fica macia e sedosa e não parecemos uns trolls". E pronto, foi a partir daí que ficou instituído que mulher que é mulher, faz a depilaçao! Se a p**a da gaja se tivesse lembrado que ficariamos muito mais giras sem dentes, vá de arrancá-los um a um! Grrrrrrrr!

Anónimo disse...

esses genes de neanderthal...acho q anda aí um laser q faz milagres.

SUSHISTICK disse...

I get myself fully waxed at least every two months and......it´s not that hard!

Dica de gajo: joelhos custam bué, dedos dos pés (pq sim, tb os há) é de ir às lágrimas.... ;p

Mia disse...

Pipoca,
Eu é que lhe partia os dentes todinhos!!

Anonymous,
Laser que faz milagres muito caros!

Sushistick,
É pá, temos homem modernaço!
Mas isso de ter mais pelos que o homem também me faz um bocado de confusão!
Quando dizes fully waxed, queres dizer mesmo tudo tudinho????

SUSHISTICK disse...

posso postar aqui outra vez? posso? ok... ;)

Peito, barriga, pernas, axilas (a laser, há 2 anos.....quase 1 sovaco de bébé..ehehe), virilhas (pró verão, só pró verão...)e, 1 vez, a genitália abaixo do umbigo e acima da...bom......do...isso!ehe

Ufa...mais as sobrancelhas e bracitos descolorados! Agora já a blogosfera sabe...1 modernaço cagão! lol

Esplanando disse...

Pois eu cá, nem a barba preciso de fazer todos os dias! :-D

Rosa disse...

Nem de propósito, lá vou eu hoje à tortura às 19:30. E, para além de todos esses tormentos que tão bem descreveste, eu ainda sofro um adicional: o trânsito! É que sou esquisitíssima com as esteticistas e, quando descubro uma que gosto, mantenho-me fiel. Há uns três anos, fazia 100 km para fazer a depilação (juro!), mas sempre ao fim-de-semana, nem era assim tão mau. Depois descobri uma fantástica aqui perto do trabalho: felicidade suprema!! Só que, entretanto, a gaja mudou-se para o Cacém! Pode??? E portanto, eu, que mal sabia onde era o Cacém, agora caminho para lá uma ou duas vezes por mês, sempre ao fim do dia, com o belo trânsito do IC19... Bah!!!

apipocamaisdoce disse...

Sushistick, espero que o facto de depilares as virilhas não seja sinónimo de ires para a praia com uma bonita tanga padrão tigresse. E, desculpa lá, mas gajo que é gajo tem o seu pelito debaixo do braço! Desde que seja cheiroso, nao incomoda ninguém!

izzolda disse...

Que drama tão bem retratado!

Onde assino?

A depilação é uma seca. Indispensável, mas seca na mesma. É tramado ;)

puff-cor-de-laranja disse...

F-A-N-T-A-S-T-I-C-O este texto!!!!
loooooooooooooooool
adorei!! tiraste-me as palavras dos dedos!!!

bloodsugarsexmagik disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
bloodsugarsexmagik disse...

Para mim, homem, nao ha nada mais anti tesao do que uma mulher que nao rapa os pelos pubicos e do anus. Quando e' que a maioria das mulheres vai entender isso? E porque e' que nao e' uma pratica tao comum como rapar as pernas ou a axilas? Se querem deixar um homem feliz ai esta' uma boa dica.

Anónimo disse...

como eu te compreendo... eu que sofro tanto com a depilação, e passo-me c as horas que passo de volta dela, com as resmas de guita que gasto, com a raiva q fico quando os amigos chegam inesperadamente e dizem "vamos à praia?" e ainda tenho de esperar pelo menos 1 semana e meia para os pêlos estarem no ponto p serem retirados mas tb não estou apresentável para desfilar na praia, ufffffffff. Não conseguiria escrever de forma tão clara este tormento, parabéns.

Missy disse...

Bah!!Se os pêlos não são bonitos numa mulher, porque acham certas pessoas que quando num homem, os pêlos ganham a sua graça??Bullshit!!!

Sou a favor da depilação total, é muito mais higiénico, e não me venham cá dizer que gaijo que é gaijo tem o seu pelinho no sovaco, e que desde que esteja bem cheiroso não faz mal, isso é treta!! Para mim, resume-se a isto, o que é que um homem pensa quando vê uma mulher cheia de pêlos no sovaco??? Blarghh!! Não é?? Então?? Desculpem lá meus senhores, mas é precisamente o que eu penso e sinto quando vejo um homem carregado de pelitos, no peito, barriga, ass, partes genitais ( ;) ) e sim no belo do sovaco, Blarrgghhh!!!

Sushi, amigo, a Miss está contigo!!! ;)