segunda-feira, novembro 02, 2009

36!

Ultimamente tenho andado de autocarro. As viagens são sempre iguais: enlatada com gente que tresanda a estafado, os pés a doer, enjoada com o pára-arranca do trânsito e a maldizer a vida de pobre que me calhou.
As viagens de autocarro permitem-me, no entanto, duas coisas simpáticas. Uma é, quando tenho a sorte de arranjar um lugar sentada, ir de olhos fechados, numa espécie de limbo. Não vou a dormir, mas também não vou acordada. Vou a modos que "a olhar para dentro".
Outra é observar as pessoas e fazer comentários jocosos de mim para mim, e tentar cuscar ao máximo as conversas dos outros. Só para me assegurar que há vidas piores que a minha. Sou um ser humano maravilhoso!
Na Sexta-feira passada ía de pé no 36, quando uma senhora, que estava sentada, começou insistentemente a fazer-me sinalefas. Primeiro pensei que a mulher queria que eu carregasse no botão do STOP, mas depois lá entendi que ela estava era a oferecer-me o lugar.
Hmmm... como não sou idosa nem deficiente que se veja, deduzi que a mulher achou que eu estava grávida!
Estive mesmo para (encolher a barriga) pôr a mão na anca e dizer-lhe das boas logo ali à frente de toda a gente! Em vez disso sorri, aceitei o lugar, sentei-me de mãos nos rins e perna aberta e agradeci.
A senhora que estava sentada ao meu lado e que assistiu a tudo sussurou-me: "Você não está nada grávida, pois não?", ao que eu respondi a acariciar a minha barriga e a simular aquele sorriso estúpido que as grávidas têm: "Nop!". Claro que foi risada o caminho todo!
E agora falo-vos do código de honra entre as mulheres! Onde estava a senhora quando o criador destribuiu o bom senso? No autocarro?!
Mulher que é mulher sabe perfeitamente que até ver a ecografia - e mesmo assim é melhor esperar por um bracinho a sair dali de baixo - não pergunta à outra se está grávida! Que burra!
Burra, mas atenção, cheia de civismo, hein! Que eu também sei reconhecer estas coisas!

(Pelo sim, pelo não, vou voltar ao ginásio!)

9 comentários:

FireHead disse...

Fica sempre mais barato andar de autocarro. :)
Eu aqui em Alverca consigo ser melhor: ando a pé para todo o lado. É o cúmulo da poupança... mas também porque gosto de andar, é uma coisa genética...
Beijitos.

Eu é mais bolos disse...

Eu fico possessa quando me tomam por grávida!!!! Uma pessoa já não pode ter um pneuzito mais avantajado e é isto! Mas reagiste muito bem, como eu gostaria de reagir :)
E no fundo é o que essas velhas merecem por andarem aí a dizer calúnias sobre as pessoas. Toma! Ficaste sem o lugar! :)

Mia disse...

FireHead,
E assim escusas de ir ao ginásio!

Eu é mais bolos,
Ouve, é gente que nunca teve uns quilinhos a mais e não tem noção! E que é burra!

revelaçõesdeumacarteirade20kg disse...

Eu já fui tentada a utilizar o pneuzinho (da barriga, entenda-se)para estacionar no lugar destinado às grávidas...mas achei que não colava!!!
Parabéns pelo blog.

Mia disse...

Revelaçõesdeumacarteirade20kg,
E no supermercado?? Agora ando a por-me na fila prioritária a ver se alguém me dá a dica!
Ah, tens um "nick" fantástico!

made in ♥ love disse...

chorei a rir... não sei se é civismo se excesso de zelo!!

tambem já me aconteceu na caixa de um super-mercado... e quando assim é há que aproveitar...

Um beijinho
Eduarda
Be in ♥ love

Inútil disse...

Malvados clichés sociais... é como um gajo andar de cabelo rapado. Ou é porque é nazi ou é porque tem piolhos, nunca por vontade própria.

Mia disse...

Inútil,
Bom, eu nao ando com "ar de grávida" por vontade própria! digamos que são circunstâncias da boa-vida e da boa-mesa! (e da falta de ginásio, admito):P

Mexicana disse...

A Carris é do melhor que há! Uma das melhores coisas do 36 passa-se ali na Av. da Liberdade. Espero que já alguém tenha reparado que ás tantas aquilo se pode tornar numa espécie de carrinhos de choque ou sei lá. Isto pelos saltinhos que damos no assento. Adoro aquela avenida e o 36!

Cara Mia, ás vezes parecer estar grávida até pode dar jeitinho! Tenho a certeza que não é o caso :P