quinta-feira, agosto 09, 2007

Mudam-se os tempos, mudam-se as conversas telefónicas
Antes:
Mia: Alô, sou eu!
Filipa: Olá, vamos logo à festa?
Mia: Yap, passo depois de jantar em tua casa para a maquilhagem.
Filipa: Vem cá jantar e assim vestimo-nos cá.
Mia: Sabes se o Z. vai?
Filipa: Não sei, é capaz... espero que o D. esteja lá! Passamos antes no 24h para comprar cerveja, eles devem andar por lá.
Mia: Tenho um plano para logo! Ah, é verdade, não te esqueças que para todos os efeitos eu durmo aí hoje, ok?
Filipa: Claro! E eu durmo em tua casa!
Mia: Então até já!
Filipa: Até já!

Agora:

Mia: Alô, sou eu!
Filipa: Olá, vêm cá jantar amanhã?
Mia: Sim! O puto tem feito cócó?
Filipa: Naquele fim-de-semana fez quatro vezes, mas agora voltou a fazer só uma vez por semana.
Mia: E já bebe água?
Filipa: Já tentei, mas ele não gosta da tetina do biberon. Agora está quase na altura dele começar a comer papas.
Mia: Está a ficar grande! Mas é normal ele só fazer cócó uma vez por semana?
Filipa: Parece que sim, quer dizer, ele está bem!
Mia: Então a que horas, amanhã?
Filipa: Apareçam quando quiserem. Podem vir logo depois do trabalho!
Mia: Ok, até amanhã!
Filipa: Beijinhos!

5 comentários:

Manuela disse...

Ainda há pouco tempo também comentava com uma amiga minha. Actualmente as conversas são: os maridos, a lida da casa, os SOGROS, as gravidezes ou ausência delas, os filhos, o trabalho.

Antes eram: será que vamos encontrar o A, B,..., na K..., hoje à noite...também podíamos passar no P..., para ver se os encontrávamos. E o que é que vou vestir hoje à noite? (não tenho nada para vestir!!!). Vem jantar a minha casa e depois vemos! Cada vez mais acredito que as conversas mudam ao longo do tempo. Daqui a uns anos falaremos de médicos,doenças,genros e noras e netos.
Bjs

Lunatic on the grass disse...

life sucks

Anónimo disse...

he he - eu ainda tenho as conversas de noitadas, de roupas e de gajos! :-p

tás a ficar velha! lol!

bjocas!
AL

Paulo Sempre disse...

O quatidiano real... das telecomunicações em abundância...

micose_ou_mifrita disse...

Por acaso o pai do puto não é o D, pois não?
Era giro se fosse.. para efeitos na história em si, claro....