quinta-feira, junho 14, 2007

E o Prémio vai paraaaa...



O Inútil, do esquizofrénico www.semutilidadenenhuma.blogspot.com, resolveu artilhar aqui o estaminé de dois Tomates Maduros, que muito agradeço!
Não é um Globo de Ouro nem um Óscar, mas é fixe na mesma e sempre dá para tentar mijar de pé com alguma pontaria - das poucas coisas que invejo nos homens!
Diz que tenho que premiar 5 Blogs, e assim sendo a tomatada vai paraaaaa:

9 comentários:

Robene disse...

Sim, fica descansada,a tomatada é tamanho XL. Eu sou todo porporcional!

PS-Obrigado!

Lunatic on the grass disse...

Tinha seis anos e um rufia da escola deu-me uma tareia, ele saberá porquê. Entre os pontapés que me atingiram, um acertou-me mesmo no centro dos tomates, de modo que ficaram escuros alguns dias, assim uma espécie de nódoa negra, uma sombra na minha masculinidade crescente. Hoje, felizmente, estou bem. Quando me queixei à minha mãe, porque os tomates me doíam, ela quis ver, escandalizou-se e no outro dia foi comigo à escola para pedir explicações à professora, que se chamava Benilde. A Benilde também quis ver, para poder castigar o rufia com outra propriedade. E assim fez, protagonizando, desconfio, o dia mais vergonhoso da minha existência. Se há alguém que merece um prémio relacionado com tomates, sou eu. Muito obrigado.

Mia disse...

Robene,
Hmmm... esses óculos novos não têm a graduação certa!

Lunatic,
Pois, pois... por isso e porque me lembrei de uma fotografia tua quando eras bebé de colo, deitado numa cama, com os maiores tomates que alguma vez vi numa criança!!!! Ainda estou impressionada!

Rosa disse...

Olha! Não sabia que estavas de volta! Tenho andado mesmo alheada... :)

Lunatic on the grass disse...

essa mania de fotografar bebés despidos em cima das camas, com uma colchas e almofadas e tal, nunca percebi: É tradição portuguesa, acho.

innocent bystander disse...

e com o rabo sujo de pupu...

Lótus Azul disse...

Tenho os tomates a marinar, Mia...
Mas obrigada e tal e coiso.
E continuo a venerar-te como dantes.

Com a devida vénia,
Lótus

Alexandre disse...

Querida Mia (que não conheço),
venho tardiamente agradecer-te a distinção. Não temos esse conhecimento mútuo das infâncias, pelo que não me sinto com o mesmo à vontade que os restantes laureados para discorrer sobre o assunto, mas tinha de vir aqui dizer obrigado. Tenho de o fazer também no blog. E devo premiar outros cinco, é assim que funciona, não é? Fica guardado para noite mais lúcida. De novo, thank you. Beijos

susana disse...

Medo. é para agradecer?