quinta-feira, janeiro 26, 2006

Bad Hair Day
(ou como os colegas de trabalho podem ser desagradáveis)

M: O que é que se passa com o teu cabelo hoje?
Mia: Porquê?..
M: Está estranho. O que se passa?
Mia: Ahhrr...está oleoso....
M: Está, não está?
Mia: Pois...ahhrr...é que hoje é dia de o lavar, mas como logo vou ao ginásio não o queria lavar duas vezes..
M: Ah, ok...
Mia: Pois...por isso é que estou de rabo-de-cavalo...
M: Ah, ok...
Mia: Porque eu lavo-o dia sim, dia não...e hoje é dia sim, mas só o vou lavar depois do ginásio...
M: Ah, ok...
Mia: É que faz mal lavar o cabelo todos os dias...
M: Pois...tá bem! Então até já!
Mia: Até já...
SSSIIIIIMMMMM????? Tenho o cabelo acachapado à cabeça e depois??????
Preocupa-te mas é em mudar de gravata, ó piroso da merda! Hummpff!

19 comentários:

Nunzio disse...

Em primeiro lugar deixa-me dizer que trabalhas (lol) num local muito estranho, rodeado dos colegas mais estranhos que se possa imaginar. Provavelmente parte do sucesso do teu blog deve-se ao facto disso. Depois, minha cara Mia, não queiras comparar o cabelo com uma gravata, certo?
Provavelmente ele só pretendia esticar as pernas, e entende que se for este o caso, o conteúdo da conversa é irrelevante.
Bjcas

Mia disse...

Nunzio,
Desculpa, não consegui perceber o que escreveste.
Fiquei demasiado maravilhada pela estranha façanha da tua parte de conseguires escrever as frases até ao fim! :p
(Toma e embrulha!)

Charlotte disse...

Mia- Percebo mto bem o q dizes...gajos nao sabem nada de nada se tivessem o cabelo com mais de 2 cm iam ver se o lavavam todos os dias

Rosa disse...

:))) Não ligues, pá!

(mas olha que eu há anos que lavo o cabelo todos os dias - duas vezes por dia quando vou ao ginásio, o que faço com muita frequência -, e nunca me fez mal nenhum!) :)))

apipocamaisdoce disse...

Como eu te percebo... eu também só lavo dia sim, dia não, sendo que se nao o lavo no dia que é suposto ganha logo esse ar acachapado, como tu bem dizes! Mas também nao é preciso vir alguém dizer-me que ele está assim a atirar para o oleoso! Há mesmo gente (HOMENS) com falta de tacto! Mas pronto, no Verao vingo-me e lavo-o duas vezes! Toma lá!

Inútil disse...

Se adoptares o visual "Sinead O'Connor" vais ver que não voltas a ter berbicachos desses.

_farfallita_ disse...

xxxiii imaginem lá porque é que hoje estou também de rabo de cavalo??? é um truque ancião!

Kisss

Lótus Azul disse...

eu nessas cenas entro logo a matar. para conversas da nhã-nha de tipos que não percebem que quando o comentário a uma miúda não é um piropo puro e duro, é bem melhor que nem abram a boca, respondo logo à altura, ou seja, baixando o nível- pergunta: O que é que se passa com o teu cabelo hoje?
resposta: Estou a fazer aquele tratamento de beleza que fazem estrelas de Hollywood, que consiste em despejar uma garrafa de azeite dia sim, dia não pela cabeça abaixo... mas tem de ser em jejum - Experimenta que a avaliar pelas entradas, corres sérios risco de ficar careca daqui a 5 anos, tss, tss (abana a cabeça, fingindo lamentar a calvície dele, verdadeira, ou não)

Mia disse...

Charlotte,
Haja alguém que me entenda!

Rosa,
Na altura em que eu lava a o cabelo todos os dias, comecei a ter queda de cabelo...por isso já não me apanham nessa!

Pipoca,
É que a questão é que ele bem podia ter ficado calado, tal como toda a gente que reparou e não disse nada: as mulheres por solidariedade e os homens para não ferirem susceptibilidades!
Mas o M. não, tinha logo que vir fazer o reparo!
Quando eu começar a opinar relativamente às escolhas de vestuário dele, quero ver!

Inútil,
E depois toda a gente me confundia com o Meireles!!!

Farfallita,
É tão ancião que já nem sequer é considerado truque. É quase uma lei! LOL

Lótus Azul,
LOLOL!
Arrependo-me por não ter desenvolvido mais o tema, só para lhe ver a expressão de nojo!LOL
Qaunto á calvice, ele não perde pela demora!BUAHAHAHAHA!!! - riso de maldade!

Inútil disse...

A calvice também tem o seu lado positivo.
A maior causa de calvice é o excesso de testosterona.
Ou seja, os calvos são mais machos que os cabeludos.

Alma disse...

Apesar de ostentar o meu crâneo totalmente rapado (duas razões: pouco cabelo e o que tenho está praticamente todo branco; dizem que fica bem mas...nunca fiando) não subscrevo totalmente essa da testoterona - pode igualmente ser por motivos hereditários (do lado materno, apesar de não se manifestar nas mulheres).
De toda a forma o que sei é que é muito prático!!

footprints disse...

1. É a primeira vez que cá venho;
2. Gosto do espaço - parabéns!;
3. Sou confrontado com um primeiro post cujo assunto versa cabelos oleósos. Embora não sendo eu um particular apreciador de tais características capilares, jamais faria qualquer apreciação do género a uma senhora (mas olharia com um brilhante sorriso nos lábios ao mesmo tempo que pensaria: "tchh, tchhh...";
4. Isto, claro está, porque não se pode dizer tudo e mais qualquer coisa às senhoras. A gente aprente. Pode demorar mais ou menos tempo, mas aprende ;) ;
5. Sobre o lavar dia sim-dia não ou dia sim-dia sim, eu não concebo um duche sem molhar o cabêlo - é coisa esquisita -, por isso, no que me toca é dia sim-dia sim e quanto jogo à bola (ginásio? blec!) é sim-sim nesse dia;
6. Perguntarão V.Excias: e não te cai cabelo? Resposta: não. (ganda sorte que tenho, ihihihihi);
7. O que me leva à minha última consideração. O caro Inútil escreveu sobre os (supostos) benefícios da calvice masculina. Inútil, devo dizer-lhe que essa sua teoria não é (de forma alguma!!) generalista.

E por aqui me fico.
(Nunca pensei escrever tanto sobre cabelo... sigh)

Mia disse...

Inútil,
Isso cá para mim é desculpa de careca!
Por falar nisso, se bem me recordo tu tens umas entradas que metem respeito...estás a tentar compensar em baixo o que te falta em cima, não é meu caro? :p

Alma,
Prático é de certeza, mas agora com o frio deves andar com o couro cabeludo todo arrepiado, não?

Footprints,
1. Sê benvindo! :)
2. Muito obrigada!
3. És um cavalheiro, portanto!
4. Quanto a questão é safar-se com as miúdas, aprende-se sempre!
5. Nos "dias não", basta um elático e uma fita no cabelo, é simples!
6. Grande sorte!
7. Não ligues ao inútil! Aquilo é por ele estar a ficar careca!

Beijocas!

Alma disse...

Para isso se criou a expressão...enfiar o barrete!

Inútil disse...

Mia, é desculpa de careca, sim senhora.

Lótus Azul disse...

Ainda bem que é desculpa de careca, inútil... Estive por momentos aqui a pensar que a minha sogra tinha hormonas masculinas a mais! ;)

Mia: Eu lavo todos os dias. Corto o cabelo a mim própria com máquina. Os homens (incluindo o meu) dizem que me fica bem, o que nunca esperei, e muito me espanta... dizem que como tenho cara de miúda, a coisa dá-me um ar rebelde. Eu, pessoalmente, acho que não há nada mais pratico... e se fores muito feminina em tudo o resto, a coisa até não fere a vista de ninguém.
De qualquer maneira, se não quiseres tomar vitamina E em comprimidos, come gelatina diariamente. Fortalece cabelo, unhas e pele... e acho que engorda pouco.
Isto é a chamada conversa de gajas... Entre mim, a mia, e as outras que quiserem ler. Menino-não-entra!

izzolda disse...

Isto só prova que muito mais importante que saber o que dizer, é saber estar caladinho. Ainda para mais falar para tocar num assunto tabu como o "bad hair day"! Umpf!

Adiante :)

Kwan disse...

Eh, eh, eh.... muito bom! Ó piroso!!

Superman Torras disse...

Ora aqui está um assunto que já merecia ter tido honras de post há muito tempo.

Porque será que há dias em que o cabelo acorda bem disposto e outros nem por isso? Se fosse cabeleireiro escrevia uma tese sobre isto mas como não sou limito-me a constatar que os dias em que o titulo deste post é verdadeiro correm-me muito pior do que os outros (felizmente em maioria).

Quanto ao resto, gostei, foi a 1ª visita (e não, não espero sinos e salvas de palma) e, não querendo fazer de advogado do diabo (ou talvez até querendo), esse teu colega até podia nem estar de má fé quando fez esse comentário.

À excepção das duas frases iniciais limitou-se a concordar com o tu ias dizendo...

errr...bem, talvez estivesse a ser maldoso sim (mas a boca da calvicie será desproporcional pelo que de traumatizante pode ter para o individuo em causa).